Reiki Livre e Sem Mestre

O livro Reiki Livre e Sem Mestre, disponível como e-book na Amazon, é um relançamento da versão impressa, publicada como livro impresso em 2003.

Reiki Livre e Sem Mestre

Reiki Livre e Sem Mestre

Nesse livro, apresento a minha visão e a minha experiência sobre essa ferramenta benéfica, tão mal compreendida no Ocidente. Criado originalmente como um caminho de autorealização e, portanto, autocura, o Reiki e suas práticas foram seriamente mutilados por algumas correntes que floresceram no Brasil, sobretudo as correntes oriundas de alguns mestres dos EUA. O principal problema dos métodos apresentados nos EUA e, por consequência, no Brasil, é o foco quase exclusivo na cura de problemas físicos e na obtenção de graus e títulos de mestres.

Perdeu-se o principal objetivo do método, que é a busca do Eu interior, a busca da autocura, porém da cura espiritual. Nesse processo, a cura de doenças do corpo é apenas consequência. Aliás, ao promover a cura interna, evita-se o surgimento das doenças do corpo, algo reconhecido, inclusive, pela ciência formal. A maneira como encaramos suas vidas e as inevitáveis dificuldades e barreiras que temos que enfrentar pode levar-nos a problemas orgânicos, geralmente relacionados ao sistema gastrointestinal, como as úlceras nervosas, ou mesmo neurológicos, como a depressão. Ainda que tais problemas de saúde sejam provocados, muitas vezes, pela ausência ou o excesso de algumas substâncias, seja no estômago ou no cérebro, muitas vezes o que nos leva a permitir tais dificuldades são nossos pensamentos diários e a maneira como reagimos ao ambiente, aos problemas e à vida.

A jornada em busca de si mesmo, do Eu Interno, não é fácil e muito menos atraente. Dessa forma, para que o produto Reiki ficasse mais atraente e mais facilmente vendável, foram extirpadas do método as que visavam esse fim. Permaneceram as práticas que visam a cura. Felizmente, nem tudo foi apagado e permaneceram alguns ensinamentos, ou pelo menos por parte de alguns dos chamados mestres de Reiki, que tiveram a felicidade de passar a seus discípulos algumas informações que podem auxiliar nessa jornada, ainda que não percebam isso a princípio.

Neste livro apresento a história oficial e algumas outras histórias menos conhecidas. Apresento o método mais conhecido e também propostas mais liberais, que isentam o candidato a praticante do Reiki da obrigação de receber a chamada sintonização de um “mestre habilitado”, se assim desejar. Apresentam técnicas de autosintonização, uma opção para quem não pode pagar ou não concorda com os altos valores cobrados pelos mestres convencionais. Ou para quem não tem acesso a tais mestres.

Como não poderia deixar de acontecer, este livro foi duramente criticado por alguns mestres de Reiki, que, evidentemente, o condenaram e não o recomendam. Eu ficaria muitíssimo surpreso se o oposto tivesse acontecido.

Paz